.

.

sábado, 24 de agosto de 2013

Moradores de Figueira realizaram manifestação por justiça, em Cabo Frio.

Avó do jovem morto no acidente, muito emocionada, participou de toda a manifestação.



Depois de uma semana do acidente, que matou o jovem Thainan Lopes Saraiva, de 18 anos, no Centro de Cabo Frio, após uma manobra proibida realizada por um rapaz no contorno em frente ao MacDonald`s, atingindo com o seu automóvel Gol a motocicleta em que estava Thainan com a namorada, parentes e amigos realizaram na tarde deste sábado, 24, uma manifestação. A intenção é não deixar que o caso caia no esquecimento . 
De maneira pacífica, com cartazes, todos de camisas brancas e alguns com a foto da vítima, cerca de 60 pessoas se reuniram em frente a Prefeitura de Cabo Frio e depois percorreram a Avenida Assunção. Juntos gritavam pedindo Justiça e palavras de amor pelo jovem que teve a vida interrompida na madrugada de sábado, 19. Eles percorreram toda a extensão da via até a Praça Porto Rocha. Em frente a Igreja de Nossa Senhora de Assunção aconteceu  um momento de pura emoção. Os manifestantes pararam, levantaram os cartazes, realizaram um minuto de silêncio e rezaram a oração do Pai Nosso. Depois seguiram de volta em direção a Prefeitura. Quando chegaram na altura da Igreja Metodista, todo as pessoas que ali estavam, viraram em direção aos prédios, que ficam em frente a Câmara Municipal, onde segundo informações, é a residência do motorista que atingiu a moto, e de novo realizaram a oração do Pai Nosso e da Ave Maria. Depois todos seguiram em direção ao local do acidente, onde realizaram, mais uma vez, um minuto de silêncio. Dali partiram para frente da Câmara onde gritavam pedindo Justiça e chamando o motorista de assassino .
A guarda municipal de Cabo Frio e a polícia militar acompanhou e orientou os motoristas que ficaram presos no congestionamento causado pela manifestação .
O pai do Thainan, Sérgio Saraiva, informou que na segunda feira irá entrar com uma ação na justiça.


Manifestantes tomaram as ruas .

Com camisas com fotos e cartazes.

Todos com camisas brancas .

Amigos e parentes com fotos do Thainan

Pararam em frente a Igreja de N.Sra. Assunção e realizaram uma oração.

Perguntas que exigem respostas

Gritos por justiça.

Sérgio Saraiva, pai do Thainan, abraçado com um sobrinho e a foto do filho no peito .




Neste momento os manifestantes pararam e oraram olhando para o prédio onde seria a residência do motorista do automóvel envolvido no acidente .



Em frente ao prédio, onde segundo informações, o motorista do automóvel gol reside, outra momento de emoção com gritos de ordem e pedidos de justiça.